sexta-feira, 23 de outubro de 2009

A Inquisição

Incriminado sem motivo
O herege seguia para a fogueira
A Inquisição, o amor de deus ativo
A causa da mente tomada pela cegueira
Confiscando os bens para a igreja “benévola”
Torturando os inocentes de forma malévola
Matando sob proteção divina
Torturando milhares em carnificina
A ganância dos domini canes
Mantinham os tribunais da Inquisição
Os pensadores ficavam sem ação
O povo em ignorância, ria da atração
Tempos obscuros do passado
Tempos não tão distantes
O cheiro de corpo assado
Ainda se faz presente nestes instantes
Pois o mal fanático reverbera
Ecoando através de toda Era
Que o passado não se repita, quem me dera!
Só resta a critica que algum pensador fizera
Haverá algum momento nesta terra
Em que o fanatismo deixará a nossa Era?

Notas: "domini canes" significa "cães de deus"
é um jogo de palavras com Dominicanos
freis seguidores dos ensinamentos de São Domingos,
que junto com os franciscanos, ajudaram no
funcionamento da Inquisição em alguns períodos.

Para acompanhar...
um som da banda brasileira Ungodly
música: Murderers in the name of god

video

7 comentários:

  1. Muito bom...ainda me impressiona como pode existir a crença na Igreja com tantas mentiras e mortes?

    ResponderExcluir
  2. Talvez as pessoas continuem a acreditar nessas coisas por temerem excessivamente a realidade e a morte ou por serem conformistas demais e sempre preferirem deixar as coisas como estão. Se elas enxergassem o mundo como ele realmente é, veriam que a razão é muito mais satisfatória do que as crenças.

    ResponderExcluir
  3. Muito bom Marius... Mas eu gostaria de ver você fazendo uma poesia sem rimas. Você escreve bem, mas se preocupa demais com as rimas rsrs...

    Acho que você daria uma sonoridade bem mórbida e gostosa de ler, porque tem uma criatividade muito legal.

    ResponderExcluir
  4. Tentarei escrever algo assim, sem rimas hehehe

    ResponderExcluir
  5. ainda existe...
    as pessoas esqcem do real sentido de religião (religare), proclamam guerras em nome de seus deuses, criam leis e condutas baseadas em ideais religiosos... e isso tudo pra que?? uma falsa religião onde aparências valem mais do que sentir a divindade...

    Já leu malleus maleficarum?
    vc iria tirar muita inspiração dali...
    http://www.4shared.com/file/70422828/2299e999/Malleus_Maleficarum_-_O_Martelo_das_Feiticeiras.html?s=1

    amplexos

    ResponderExcluir
  6. Quem sabe um dia a humanidade acorde para a "VERDADE" e encontre o caminho definitivo da sabedoria consciente, livre dos maniqueísmos e dos dogmas religiosos que tantas agruras e sofrimentos desencadearam e continuam a desencadear em nosso mundo. Deus está dentro de cada um de nós e não carece de intermediários para que o alcancemos e sim, unicamente de nos voltarmos para o nosso interior e buscá-lo em nosso corações! Meus parabéns pela excelente poesia!

    ResponderExcluir
  7. poow nao tem um poema pequeno

    ResponderExcluir